Dentro do Marketing Digital existem muitos termos e diferentes expressões para definir estratégias e métricas relevantes.

É por isso que, neste artigo, vamos abordar duas das mais importantes estratégias para as empresas que desejam estabelecer suas marcas e melhorar o desempenho em relação às vendas dos seus produtos: o Brand Marketing e o Brandformance.

Você já parou para refletir o que a sua empresa diz por ela mesma? Quando os seus clientes vêem os produtos do seu negócio, seja pelo Instagram, Facebook ou LinkedIn, eles reconhecem a sua marca? Quais os valores, inspirações ou as sensações que você transmite quando as suas buyer personas chegam até seus produtos?

Pense um pouco sobre isso! Continue a leitura do artigo e entenda mais sobre o que é o brand marketing e o brandformance, e assim, decida por qual dessas estratégias você deve optar. Vamos lá?

Brand Marketing: do que estamos falando?

Brand significa marca. O brand marketing, então, é o marketing de marca. A ideia desta estratégia é fazer com que a sua empresa transmita sensações, valores e ideais para os consumidores.

A questão principal dessa estratégia envolve a maneira com que as suas buyer personas percebem a sua marca, assim, é mais provável que elas tenham preferência pelos seus produtos no momento da compra.

Brand Marketing, então, é a junção de diferentes esforços que fazem com que sua marca ou empresa seja mais reconhecida, dessa forma, você cria sua própria identidade no mercado. 

Qual a diferença entre Brandformance e Brand Marketing?

Brandformance (marca + performance) é um termo que engloba os esforços de branding (Brand Marketing) juntamente com um alto desempenho. Assim, você tem bons resultados obtidos pela comunicação de uma empresa e pelas sensações que ela causa.

O brandformance, então, é voltado para atrair consumidores e vender, mas também, para transmitir a mensagem e a identidade de uma marca. 

Enquanto o marketing de performance foca em vendas, números e análises de dados, assim como em atingir o consumidor certo para a realização da compra, o branding age nas sensações e lembranças que o público leva daquela marca após a venda.

Essas sensações vão servir para a construção de um bom relacionamento com o consumidor. Assim, somado ao mindset de performance, totalmente voltado à análise de dados, a mensuração de impacto das campanhas de branding é feita focando nos resultados.

Nesse sentido, o brand marketing foca nas sensações do consumidor perante a marca, enquanto o brandformance engloba essa mesma ideia, juntamente com análise de dados e estratégias para o aumento do ROI.

Dessa forma, o brandformace é mais completo que o brand marketing, já que estamos falando de uma estratégia que envolve campanhas de branding que trazem performance.

Então, como fazer Brandformance?

Com o Brandformance, então, você engloba as sensações do seu público perante a sua empresa mais o desempenho da marca, que pode ser medido através de diferentes KPI’s, dados e análises.

Dito isso, imagine que o seu relacionamento com o cliente é um relacionamento comum, ou seja, envolve comunicação com a pessoa certa e no momento certo.

Para uma boa comunicação, no entanto, você precisa conhecer a pessoa com a qual está se relacionando, deve saber das suas dores e das suas sensações, para depois, por consequência, conquistá-la.

Abaixo, te indicaremos as principais etapas para fazer uma boa companha de Branformance:

Awareness

Nessa etapa da estratégia de Brandformance, você deve se destacar em meio às diferentes empresas e produtos. Assim, você faz com que as pessoas conheçam a ideia da sua marca, antes mesmo de se interessar pelo seu produto.

Personalização

Com a personalização você sabe exatamente o que dizer e a hora certa de dizer. Dessa forma, não aparecer em momentos inconvenientes e estar disponível sempre.

Essas são todas customizações que nós precisamos fazer para conquistar o interesse e a confiança de uma pessoa e, para fazer isso, não podemos aparecer só quando achamos que devemos, ou dizer qualquer coisa que vier à cabeça. É preciso personalizar.

Consideração

Aqui você deve mostrar o que sua empresa tem a oferecer. Conte com análises de dados para ser mais assertivo, assim, você conquista o interesse do público certo e, além disso, personaliza suas relações com os diferentes clientes.

Conversão

Nessa etapa, é importante que você aposte em todas as suas qualidades enquanto marca, aproveitando de todo o desempenho e performance positivo do seu produto, por isso, faça ofertas!

Convença o seu público à venda e, lembre-se, não se esqueça de lembrar do que mais chamou a atenção do seu consumidor para vocês chegarem até ali. 

Fidelização

Nessa etapa, você deve tornar-se presente. Depois da conversão/conquista, o que sobra? É nesse momento que sua empresa deve lembrar de fidelizar clientes. Você já conhece sua buyer persona e tem um bom contato com ela, então, porque não mostrar-se sempre disponível? 

Resume pra mim, por favor?

BrandingPerformance
Consolidação da marcaConsolidação de clientes
Esforço a longo prazoAumento do ROI
Firma a identidade da empresa Geração de Leads
Foca no relacionamentoFoco em faturamento
Gera valorGera valor