Atualmente, as inovações tecnológicas estão reformando o cenário dos negócios. As empresas investem em recursos digitais a fim de otimizar sua gestão e atividades, e assim conseguir melhores resultados.

Uma dessas tecnologias inovadoras é o chamado Business Intelligence, ou BI, uma ferramenta que acabou se popularizando em várias companhias e empreendimentos devido às enormes vantagens que oferece. Conheça mais sobre o Business Intelligence!

O conceito de Business Intelligence

Antes de qualquer coisa, vale a pena traduzir o significado do termo que significa Inteligência do Negócio. Trata-se de uma ferramenta digital que permite ao gestor acesso rápido e contínuo às informações e dados de uma empresa, propiciando uma análise mais acertada dos fatos, bem como uma melhor compreensão do negócio — o que facilita a tomada de decisões.

Áreas de atuação do BI

Dessa forma, o BI permite gerar relatórios e gráficos detalhados que favorecem a visualização minuciosa dos eventos dentro da empresa. O gestor dispõe de material confiável para fazer sua apreciação, implementar mudanças, realizar correções necessárias, e tomar a decisão mais viável em cada cenário.

Além disso, essa ferramenta pode auxiliar o gestor em aspectos específicos do negócio, como o corte de gastos, detectar falhas nos processos, identificar boas oportunidades, incrementar as vendas e ajudar na criação de estratégias eficazes de marketing.

O Business Intelligence pode ser também utilizado na melhoria da relação empresa – cliente, uma estratégia conhecida como CRM (Marketing de Relacionamento com o Cliente).

Integração do BI com outros sistemas

Além da integração do BI com todos os setores de uma empresa, ele pode ser integrado a outros sistemas, como o Big Data e o Data Discovery. O Big Data baseia-se no conceito dos 4 Vs: volume, variedade, valor dos dados e velocidade nos processos.

O Data Discovery, por sua vez, baseia-se em: visualização dos dados, descoberta de informações, identificação do grau de importância e análises preditivas.

Essas plataformas integram-se perfeitamente ao Business Intelligence e a tendência é que venham a formar sistemas unificados, aproveitados pelas empresas, a fim de gerenciar bem os negócios. Quanto às análises preditivas, por exemplo, o BI já dispõe de dashboards, que possibilitam o cruzamento de informações internas e externas (mercado e concorrentes), úteis para manter a performance da empresa e realizar previsões.

Já existem versões de BI’s destinadas a funções específicas, como análise de clientes e CRM.

BI e marketing

Na área de marketing, uma plataforma de inteligência de dados pode oferecer os melhores resultados, contribuindo para a definição de estratégias versáteis e realistas de divulgação e venda, a partir de critérios como:

  • conhecimento aprofundado dos desejos e necessidades dos consumidores;
  • identificação dos melhores canais para divulgação;
  • mapeamento da jornada de compra;
  • elaboração de uma linguagem otimizada, que favoreça a comunicação mais direcionada para o público-alvo.

Dessa forma, será possível produzir uma campanha muito mais eficiente, orientada para atingir as metas definidas pela empresa.

Recursos oferecidos pelo BI

Um sistema completo de Business Intelligence oferece recursos e vantagens como:

  • consultas diretas ao banco de dados;
  • relatórios gerenciais;
  • gráficos e painéis;
  • indicadores;
  • análises de bancos de dados maiores;
  • maior acessibilidade ao banco de dados (via internet, por exemplo);
  • consultas em tempo real;
  • Data Mining, Predictive Analytics, Text Mining e Statistical Analysis (ferramentas que permitem análises e previsões, baseadas em textos, estatísticas e até em comentários nas redes sociais).

E você, já utiliza o Business Intelligence em suas estratégias de marketing? O que pensa dessa ferramenta digital? Deixe o seu comentário!