Quem trabalha com SEO ou estuda as melhores práticas para ranqueamento nos motores de busca, já deve ter esbarrado no termo canonical tag. Essas duas palavras definem o método que evita problemas com conteúdos duplicados – que podem causar muita dor de cabeça para quem quer ter sucesso com o SEO. 

Para aprender a ter suas páginas reconhecidas corretamente pelo Google e sem problemas com duplicações, acompanhe o artigo!

O que é canonical tag e por que seu site precisa dela?

A ideia da tag surgiu em 2009, provocando uma verdadeira revolução nas práticas de SEO. Com o crescimento e as constantes novidades no mercado dessa área, houve o surgimento de vários termos importantes e, claro, canonical tag foi um deles.

A tag canônica, ou rel canonical, é uma forma de informar ao Google sobre conteúdos duplicados e priorizá-los corretamente no rastreamento das páginas feitos pelos robots.

O uso da tag canônica evita problemas causados por conteúdos idênticos ou considerados duplicados. Assim, na prática, o canonical informa aos mecanismos de pesquisa qual versão de um URL você deseja que apareça nos resultados da pesquisa.

Exemplo de uma canonical tag

Você tem um e-commerce de sapatos, que tem uma URL de produto como:

https://exemplo.com/sapatos/sapato-vermelho-e-branco/

Mas também existe uma outra página, levando ao mesmo produto, com a URL de busca:

https://exemplo.com/sapatos?busca=sapato-vermelho+e+branco

Nesse caso, o Google pode detectar que as duas URLs, ao levarem para uma mesma página, apresentam conteúdo duplicado. E, por isso, será necessário identificar uma delas com uma canonical tag. Assim, apenas a principal deve ranquear para consumidores que buscam pelo produto em questão.

Como funcionam as canonical tags?

Quando os robôs do Google rastreiam um site procurando por blog posts ou páginas que vão ser exibido nas SERPs, ele tenta determinar a URL principal de cada página.

Caso sejam detectadas várias URLs no site que tragam conteúdos idênticos ou vistos como muito semelhantes, aquela que parecer mais completa e útil será escolhida e marcada como canônica pelo Google.

Na prática, isso significa que a página canônica será rastreada com mais frequência. Enquanto isso, as cópias aparecerão menos.

Para definir uma página como prioritária, o Google leva em conta uma série de fatores, como:

  • a exibição da página por http ou https;

  • com base na qualidade do conteúdo da página;

  • conforme a presença do URL em um sitemap;

  • e de acordo com qualquer rotulação “rel=canonical”, ou a tag canônica.

A canonical tag, então, é o que marca oficialmente uma página como canônica. Assim, o Google sabe qual deve ser sua prioridade. Com essa ação, as páginas secundárias não vão concorrer com a que você definir como a principal.

Adicionar uma dessas tags, portanto, é o que garante que sua prioridade de SEO seja compreendida.

Como adicionar canonical tags no seu site

Use as tags canônicas e evite problemas com conteúdos duplicados em seu blog.

Uma canonical tag é facilmente vista no código fonte de uma página da web, pesquisando por rel = “canonical”. É um elemento que apenas os mecanismos de pesquisa veem, assim, seus visitantes não sentirão nenhum impacto ou visualizarão nada de diferente na página.

Por isso, adicioná-las no seu conteúdo é algo que deve ser feito no header da página. 

O código a ser acrescentado pode ser bem simples, como:

<link rel=”canonical” href=”https://exemplo.com/sapatos/sapato-vermelho-e-branco/”/>

O código acima deve ser colocado no topo da página, logo após o title e a descrição do conteúdo.

Ferramentas para aplicar a canonical tag

Agora que você já sabe o que é e para o que essas tags funcionam, vamos indicar ferramentas para aplicá-las. Confira abaixo:

Canonical tag e SEO para WordPress

Para trabalhar facilmente com canonical tags, quem usa o WordPress pode recorrer ao Yoast.

O Yoast é um plugin muito popular e que ajuda a otimizar o SEO das suas páginas. Quando instalado e configurado, o Yoast oferece insights e dicas importantes para otimizar seu conteúdo, além de trabalhar com uma estrutura mais técnica para um bom SEO, incluindo as canonical tags.

Ajuda do Google sobre canonical tags e SEO

O próprio Google, que vai rastrear, analisar e classificar o conteúdo, oferece as instruções necessárias para adicionar essas tags nas suas páginas.

Na seção de ajuda do Search Console (dashboard de SEO do Google), você encontra um passo a passo completo para adicionar as tags certas ao seu conteúdo.

Agora que você aprendeu sobre como funcionam as canonical tags e sobre seus benefícios para a estratégia de SEO, é hora de otimizar suas páginas!

Quer continuar aprendendo sobre otimização de estratégias de marketing? Então, assine nossa newsletter e receba os melhores conteúdos em primeira mão.