Vídeos engraçados não são mais o foco do Youtube. Apesar do sucesso e repercussão que esses vídeos têm, o maior número de visualizações na plataforma atualmente é mérito dos vídeos sobre educação e aprendizado.

Com até 4 vezes mais acessos que os demais vídeos, os chamados “Edutubers” vêm crescendo em quantidade e qualidade. Cada vez mais vemos canais especializados em nichos educacionais e de informações gerais.

Mas como os anunciantes podem capitalizar esse conteúdo educacional do Youtube e utilizá-lo em sua estratégia de marketing?

Vídeos educativos são muito mais que uma tendência

A missão principal do Youtube é ensinar, dar voz e mostrar o mundo a todos. Isso é feito, segundo o próprio Google, através de quatro valores: liberdade de expressão, democratização de oportunidades, liberdade de informação e inclusão.

Os professores passam sua vida acadêmica, profissional e até pessoal tentando sempre construir um ambiente saudável e que cumpra com as exigências de uma sala de aula. Quando eles migram para plataformas digitais como os vídeos educativos, talvez essa seja a explicação para a explosão desses tipos de conteúdo nos últimos anos: um ambiente ideal para quem procura conhecimento. Nós buscamos aprender naturalmente, e alimentar as mentes curiosas que buscam por informações já é uma necessidade de quem lida com conteúdos em contextos que vão da sala de aula às mídias sociais.

Quem assiste ao Youtube? (%)

Fonte: FortuneLords.

Edutubers: visualizações e alcance

Além da disseminação de conhecimento e informações, o alcance desses vídeos supera e muito qualquer propaganda ou jingle engraçado. Os outrora Fórmula 1 do Youtube, os vídeos de gatinhos, já ficaram para trás. Entender o que esse público pesquisa e seus motivos garante que youtubers e marcas produzam conteúdos com um engajamento muito maior.

Com internautas cada vez mais exigentes, já não faz mais sentido querer um contato com potenciais consumidores sem dar nada em troca. O que melhor, então, do que oferecer conteúdo educativo e de qualidade?

Para capitalizar essa ideia, os anunciantes devem investir tanto em parcerias ricas e que produzam realmente um valor positivo na vida dos usuários, ou mesmo aprimorar suas segmentações utilizando estes canais e insights educacionais.

Seja investindo em um canal já existente ou criando um novo, algumas dicas podem te ajudar na hora de aumentar a popularidade dos vídeos:

1 – Aprendizado não precisa ser sério

Como em qualquer outro segmento da internet, os conteúdos educacionais precisam atrair a atenção do público. Assim como muitos professores apostam em músicas, animações e aulas diferenciadas, não se prenda ao formato de vídeo aula clássico, inove através de entretenimento e diferentes formas de cativar quem está assistindo.


O canal Biologia Total com o Prof. Jubilut, atualmente com mais de 1 milhão de inscritos no Youtube, é um bom exemplo. Com vídeos explicativos sobre Biologia em geral, o canal ficou conhecido devido à descontração e humor do professor, que além de produzir os vídeos, posta conteúdos informacionais e engraçados periodicamente em sua página do Facebook.

2 – Encontre o formato ideal

A variedade de formatos possíveis para a criação de vídeos no Youtube permite que você escolha aquele que mais se adeque às suas características e facilidades.

Um dos formatos possíveis, e talvez o mais clássico deles, é aquele em que as informações são dadas ao espectador por um especialista. O conteúdo é explicado de forma dinâmica e diretamente para a câmera, como nos vídeos do Manual do Mundo, um canal que posta vídeos periódicos sobre curiosidades e informações gerais.

Outros formatos também podem ser explorados, como as músicas, animações e ilustrações, muito úteis para prender a atenção e ensinar de forma mais divertida, você provavelmente já viu algum vídeo ensinando um tema ou conteúdo através de uma paródia de música famosa. Nada impede também que os estilos sejam mesclados. Intercalar entre uma explicação direta e animações pode levar a melhor compreensão do conteúdo.

Se você busca chamar atenção para seus vídeos através da curiosidade, pode ainda apostar nas listas e fatos. Um vídeo intitulado “10 curiosidade sobre a Grécia Antiga” pode atrair um público maior que uma vídeo aula clássica sobre o mesmo tema.

Além do formato dos vídeos, atente-se à formação de uma identidade para o seu canal. A maioria dos Edutubers de sucesso mantém características marcadas em seus vídeos, como um calendário fixo de postagem, formato, cenário, trilha sonora, etc.

3 – Aposte em conteúdos que capacitem e transformem

Mais que uma plataforma de informações e entretenimento, o Youtube é usado para capacitação e aquisição de habilidades. Muitas das categorias de vídeos que mais crescem são associadas à habilidades de construção, empreendedorismo e pequenos negócios.

Não tenha medo de apostar em questões específicas. Assim como os conteúdos escritos, os vídeos que respondem à perguntas diretas e concretas tendem a agradar mais o público, afinal, todos buscam por respostas diretas e que atendam da melhor forma possível suas necessidades e dúvidas.

Atente-se, também, em analisar as perguntas que serão respondidas antes de começar a produzir, ferramentas como o Google Trends podem te dar informações sobre quais assuntos estão sendo abordados e as dúvidas mais comuns sobre eles.

Os vídeos educativos são para todos os nichos

Se você está pensando em crescer seu canal, ou se é anunciante e está buscando formas de se aproximar do seu público, tenha em mente que sempre há espaço para tudo no nicho educacional.

Dá para produzir vídeos que mostram processos de fabricação de produtos que utilizamos no dia a dia como o cimento ou talheres, até itens de consumo que admiramos pela engenharia e tecnologia avançada como os carros e aviões.

Se você tem um produto, dá para colocar lá.

Gostou deste artigo? Então assine nossa newsletter e não perca mais nenhuma dica sobre o mundo do Marketing Digital!