Com mais de 2 milhões de aplicativos ativos nas maiores lojas especializadas, ter um app descoberto pelos usuários certos é uma das maiores questões que os desenvolvedores encaram hoje em dia. Por isso, entender técnicas de marketing é importante.

Levando em consideração que a maioria dos usuários descobre aplicativos por meio de buscas simples nas app stores, mais relevante ainda é saber como otimizar o seu aplicativo para ser encontrado pelos usuários certos.

O primeiro passo está no entendimento dos princípios da ASO – App Store Optimization. Já conhece este conceito? Confira no post de hoje o que você precisa saber sobre a ASO:

O que é ASO – App Store Optimization?

ASO, ou App Store Optimization, é um termo usado para descrever a otimização de resultados de busca para lojas de aplicativos, tais como a Play Store ou a Apple Store. Ela tem como função otimizar aplicativos para melhorar o ranqueamento na app store, trazendo mais tráfego para sua página na loja. Assim, você conduz o seu público a uma ação específica: baixar o aplicativo.

Trata-se de uma estratégia muito importante para empresas que precisam de mais visibilidade para seus aplicativos nas lojas especializadas para usuários mobile. Por isso, é muito importante que desenvolvedores de aplicativo conheçam as estratégias de ASO, traçando estratégias e obtendo melhores resultados para a clientela.  

Quais são os pilares da ASO?

Apesar do objeto da ASO seja o mesmo que o do SEO, as buscas em uma loja de aplicativos ocorrem de forma diferente em relação a uma SERP (Search Engine Results Page, que variam conforme as palavras-chave). Isso porque, geralmente, o usuário usa como ferramenta de busca o nome do aplicativo, e não a descrição do que ele necessita. Por isso, a ASO possui 3 pilares:

  • Alcançar um bom ranqueamento com as palavras-chave;
  • Otimizar a taxa de downloads do aplicativo.

Esses pilares vão de encontro às recentes atualizações para dispositivos móveis. O RankBrain, anunciado em outubro de 2015, confirmou que o Google está usando inteligência artificial na exibição de resultados. A atualização tem como objetivo auxiliar o buscador no aprendizado para trazer resultados mais relevantes para o usuário, de forma inteligente.

Com o RankBrain, o próprio buscador irá estabelecer ligações entre as palavras, aprendendo como o usuário costuma realizar suas buscas, evitando, assim, resultados redundantes. Da mesma forma, o ranqueamento de resultados nas lojas de aplicativos irá além dos mecanismos que já conhecemos.

Descoberta de novos Apps (%)

Fonte: European Technographics Consumer Technology Online Survey.

Como fazer a ASO de meu app?

Há diversos componentes que afetam a sua ASO. Vamos entender como os pilares da ASO funcionam na prática?

1. Título

A palavra-chave usada no título deve ter um número relevante de buscas. Invista tempo procurando por uma palavra-chave relevante antes de publicar o seu app. Afinal, mudar de título constantemente após disponibilizar o app na loja pode ser muito ruim para sua divulgação. Otimizá-lo, contudo, é um passo para o sucesso.

Além disso, é preciso ser original: evite termos ou siglas que coincidam com as de outros apps. Isso vai ajudar a centralizar o tráfego do público interessado em seu app, evitando buscas ambíguas.

Também é preciso respeitar as especificidades de cada uma das app stores disponíveis. Abaixo os números de caracteres máximos nas lojas de apps mais conhecidas:

  • Play Store: 30 caracteres;
  • Apple Store: 255 caracteres.

2. Palavras-chave e descrição do app

Para aprimorar seu ranqueamento na loja, você precisa entender quais são as palavras-chave mais relevantes e mais usadas por seu público-alvo. Verifique o que seus concorrentes estão usando e se informe sobre o universo de seu app.

Assim, é preciso pensar as palavras-chave em dois aspectos: no título e na descrição do app. As palavras-chave na descrição do app irão atuar na busca geral feita nas lojas, sendo importante para ranquear nas buscas de quem está buscando uma solução para um problema e não um app específico.

Agora, colocar a palavra-chave no título do app pode ajudar a especificar ainda mais o público ao qual você está direcionando o app, ou caso sua marca e/ou produto seja tida como referência em algum nicho e essa palavra-chave remeta à sua autoridade no mercado. Diferente do que acontece nas buscas do Google, por exemplo, aqui a influência do título no ranqueamento é menor – mas ainda existe.

Portanto, é preciso que sua equipe avalie se vale a pena utilizar palavras-chave no título do seu app para sua estratégia.

Palavras-chave no título: usar ou não usar?

O ranqueamento é, em média, 10% melhor com a palavra-chave no título. Fonte: MobileDevHQ.

É comum que desenvolvedores escolham palavras-chave e escrevam a descrição do aplicativo de última hora, o que atrapalha o sucesso do app na loja. Evite essa prática e aja de maneira estratégica. Vale lembrar que a ASO – App Store Optimization é uma técnica que precisa ser monitorada e otimizada constantemente. As primeiras palavras-chave selecionadas raramente são as mais bem-sucedidas na app store.

Lembre-se também que o tamanho das descrições variam nas lojas de apps. Por exemplo, a Play Store trabalha com duas descrições: a Short Description e a Description. A primeira tem um limite de 80 caracteres, enquanto a segunda pode chegar até a 4 mil.

3. Total de downloads

Seu número de downloads é muito importante para a ASO. Para melhorar seu ranqueamento através do total de downloads, é preciso entender que esse é um aspecto que atua em dois sentidos: quanto mais downloads, melhor o ranqueamento; quanto melhor o ranqueamento, mais downloads.

Isso porque um alto número de downloads indica que o app é útil e bastante buscado. Mas isso não quer dizer que você começará a ranquear apenas quando atingir os milhões de downloads. Não, o ideal é utilizar várias estratégias de marketing paralelas ao lançamento do seu app, colocando-o entre os mais baixados da semana, por exemplo.

Assim, o ranqueamento vai melhorar durante o período em que o app estiver nessa lista e você pode se aproveitar para aumentar ainda mais o número de downloads no longo prazo.

Posicionamento x Número de downloads

Quanto mais downloads, melhor o posicionamento. Fonte: MobileDevHQ.

Lembre-se que práticas de download massivo de apps, com a finalidade de melhorar o ranqueamento, são consideradas black hat e serão punidas severamente pelos motores de busca de apps.

4. Classificação e reviews

Incentive seus usuários a fornecerem feedback na loja de aplicativos. Isso também pode ajudá-lo a melhorar o seu app. Responda os comentários em sua loja e ouça seu público atentamente!

É importante dar uma atenção especial aos reviews e comentários na página de download, especialmente nas apps stores, onde o acesso a essas opiniões é muito dinâmico e simples, o que afeta imensamente o número de downloads  tanto se o feedback for positivo ou negativo.

A classificação do seu app irá atuar diretamente no ranqueamento de suas palavras-chave, especialmente se elas tiverem muito volume de buscas e concorrência. Quanto melhor sua classificação, mais chances de ranquear para palavras-chave concorridas.

Como as classificações impactam o posicionamento

Quanto melhor a classificação, melhor o posicionamento. Fonte: MobileDevHQ.

Resultado a longo prazo

Assim como acontece com o SEO, os resultados de uma otimização ASO só virão com o tempo. Isso porque é preciso que tudo isso seja indexado e também que as buscas comecem a surtir efeito, melhorando o ranqueamento.

A vantagem dessa técnica é o investimento baixo em relação ao retorno obtido. Além do mais, ranquear bem e estar sempre entre os apps mais baixados e melhor recomendados não faz mal a ninguém.

Gostou do nosso conteúdo? Assine nossa newsletter e não perca mais nenhuma postagem!