Mark Zuckerberg finalmente oficializou que o alcance orgânico das publicações de páginas de empresas do Facebook chegará a zero, o News Feed vai priorizar os amigos e não mais as notícias.

Em sua publicação de quinta-feira, Zuckerberg afirma que está fazendo uma mudança na forma como o Facebook havia sido construído, o objetivo que antes era ajudar o usuário a encontrar conteúdo relevante, agora é reduzir a quantidade de publicações não publicitárias de marcas, contribuindo com o bem-estar das pessoas.

A intenção é evitar a relação passiva que os usuários vêm tendo com a rede social. Assim, as postagens que tendem a provocar discussões e interações significativas entre as pessoas terão mais prioridade no Feed, com isso o espaço para os conteúdos não publicitários diminuirá.

As publicações que estimularem as discussões e conversas entre amigos sobre questões importantes, proporcionando uma interação e dando valor a conexão entre as pessoas, não vão notar tanto as mudanças, já as páginas que fazem conteúdos menos interativos vão sentir bem mais o impacto dessa ação. Portanto, para continuar vendo todas as publicações das páginas que seguem, as pessoas precisarão optar por ver primeiro nas preferências do feed de notícias.

Um exemplo de postagem que não perderá o espaço na Timeline é a transmissão ao vivo. Em geral, quando alguém faz esse tipo de ação é porque busca por uma discussão, opinião ou apenas interagir com as demais pessoas na rede social.

Transmissões ao vivo têm 10 vezes mais comentários

John Hegeman, vice-presidente da empresa, disse durante uma entrevista que as alterações não vão afetar a publicidade paga. Apesar disso, podemos prever que com a ausência das postagens orgânicas, consequentemente o número de anúncios pagos crescerá.

As mudanças nos algoritmos indicam que, com o tempo, as medidas de engajamento do tráfego orgânico chegarão a zero e o período que as pessoas gastam no Facebook também diminuirá.

“Agora, eu quero ser claro: ao fazer essas mudanças, espero que o tempo gasto pelas pessoas no Facebook e algumas medidas de engajamento caiam. Mas eu também espero que esse tempo seja mais valioso”, explica o fundador do Facebook.

Essas mudanças não vão parar por aqui. Os produtos da empresa estão passando por uma série de revisões e algumas alterações semelhantes serão feitas em outros serviços nos próximos meses.

“Começamos a fazer mudanças nesta direção no ano passado, mas levará meses para esse novo foco abrir o caminho através de todos os nossos produtos. As primeiras mudanças que você verá estarão no News Feed, onde você pode esperar ver mais de seus amigos, familiares e grupos”, afirma Zuckerberg.

A empresa sofreu muitas críticas a respeito da presença de informações enganosas e sobre o poder de influência da rede social em relação às questões ideológicas, incluindo as eleições. O cofundador escreveu que as alterações nos algoritmos também serão úteis para essas questões, ajudando a filtrar melhor os conteúdos qualificados e importantes.

Como contornar a mudança no algoritmo do Facebook?

Com o alcance orgânico das publicações de páginas de empresas no Facebook chegando a zero, é o momento do tráfego pago e do impulsionamento de postagens. Para isso, o Facebook Ads é uma excelente ferramenta.

No entanto, apenas investir em impulsionamentos não é suficiente, é preciso escolher bem as publicações certas, garantindo que seu investimento gere um bom retorno. Conhecer o seu público é mais importante do que nunca, pois só assim será possível separar o que é relevante e do interesse da persona.

Aprenda a definir a Buyer Persona

Uma buyer persona é um perfil semi fictício para representar seus clientes ideais, ou seja, uma segmentação do seu público-alvo. É o cliente que você tem mais chances de ganhar dentro de um mar de gente que você pode atingir. Aprenda aqui a definir uma Buyer Persona completa para seu negócio.

Faça um bom planejamento das mídias sociais

Além de conhecer seu seu público-alvo e buyer persona, é preciso entender quais interações as redes sociais geram e qual o impacto delas nos usuários. Com a grande variedade de conteúdos a oferecer, torna-se difícil fazer um planejamento adequado, mas vamos te ajudar! Confira as 46 estatísticas para ajudar no seu planejamento de mídias sociais.

Utilize o Facebook Ads

O Facebook Ads é uma ótima ferramenta para aqueles que desejam utilizar essa rede como um meio de divulgação de sua marca ou produto, seu custo é completamente flexível, adaptando-se ao orçamento determinado por você. Descubra a importância de criar uma campanha efetiva!

Google Adwords ou Facebook Ads

Quando utilizados de forma adequada, o Google Adwords e o Facebook Ads podem ser excelentes caminhos para atingir a melhor audiência para o seu negócio e conquistar mais visibilidade. Leia o artigo e tire suas dúvidas de vez: Google Adwords ou Facebook Ads: em qual devo investir?

Gostou desse artigo? Você pode curtir a Raccoon no Facebook e ficar por dentro de mais conteúdos interessantes!