O marketing digital conta com diversas ferramentas muito eficientes para ajudar a garantir bons resultados para as suas estratégias. Por isso, é bom conhecer suas vantagens e especificidades para garantir um bom retorno.

O Google, por exemplo, é o principal site de buscas do mundo, sendo responsável por cerca de 100 bilhões de pesquisas por dia! O Facebook, por outro lado, é a rede social mais popular da atualidade, tendo quase 2 bilhões de usuários ativos.

Quando utilizados de forma adequada, Google Adwords ou Facebook Ads podem ser excelentes caminhos para atingir a melhor audiência para o seu negócio e conquistar mais visibilidade.

Ficou em dúvida sobre as vantagens de cada um destes serviços? Então aprenda mais sobre eles a seguir!

O que é o Google Adwords?

O site mais acessado da internet também é o principal meio que as pessoas usam para achar o que estão procurando.

O Google ajuda a encontrar produtos, informações, locais e uma infinidade de outras possibilidades. É neste mecanismo que está um caminho bastante vantajoso para você se destacar: o patrocínio de links.

O investimento em Google Adwords pode significar o impulso de visibilidade que a sua empresa precisa para vender mais. A partir da ferramenta, você consegue exibir anúncios juntamente com os resultados do Google. Mas, como isso garante uma segmentação eficiente? A resposta está nas palavras-chave usadas!

Por meio desta ferramenta, você pode mostrar sua publicidade para gente que busca por termos específicos, como os seus produtos ou serviços. Dá para ir além e emplacar anúncios a partir até dos nomes dos seus concorrentes, direcionando toda esta visibilidade para você.

Porém, é importante também considerar outras variáveis na hora de investir em links patrocinados. Muitas vezes uma segmentação pautada apenas em palavras-chave não é suficiente para impactar o público que você deseja.

Isso acontece quando se trabalha sem uma definição de persona. O público-alvo pode ser muito amplo para campanhas que visam a conversão, por exemplo. Por isso, é importante entender quem são suas personas e também em qual etapa do funil elas estão. Assim, você será capaz de direcionar seus links patrocinados de maneira mais eficaz.

Por exemplo, se sua campanha de links patrocinados não for para a venda de algum produto, mas sim para awareness e branding, uma segmentação mais ampla pode atender bem suas necessidades. Agora, se o foco for a conversão, talvez uma palavra-chave mais fundo de funil (ou seja, mais próxima da conversão) seja a chave de sucesso de sua campanha.

Tráfego por mídia

O site do Marketo foi usado como referência para o estudo.

Segundo estudo do Marketo, realizado em seu próprio domínio, a vantagem do Google Adwords sobre as outras mídias é enorme. Isso se dá especialmente pelo tamanho e da importância do Google na internet. Porém, o gráfico também revela que é importante diversificar: o Adwords vai trazer muitas pessoas interessadas em seus produtos/serviços para seu negócio, porém, muitas delas também podem estar em outras mídias.

Um bom exemplo são as mídias sociais, que ocupam a segunda colocação no gráfico. Mesmo com um tráfego um pouco menor, os 28% de pessoas que podem chegar trazidos por essa mídia não podem ser desconsiderados. Por isso, considere também nosso próximo tópico: o Facebook Ads.

E o Facebook Ads?

O Facebook é a rede social mais acessada em todo o mundo. Além de ter seus usuários ativos na casa dos bilhões, soma 100 milhões de pessoas apenas no Brasil.

Ele permite que as empresas criem páginas e publiquem posts de interesse de seus públicos, e a plataforma também conta com um poderoso mecanismo de anúncios: o Facebook Ads. Este sistema possui múltiplas vantagens.

Para começar, seu custo é completamente flexível, adaptando-se ao orçamento determinado por você. Desta forma, torna-se uma ferramenta excelente tanto para empresas grandes como para as pequenas. Outro benefício bastante vantajoso é a possibilidade de acompanhar os resultados das suas campanhas em tempo real.

O diferencial mais lembrado do Facebook Ads, no entanto, são as possibilidades de segmentação dos anúncios. A partir delas, você pode exibir sua publicidade para fatias bem específicas da audiência, detectadas a partir de informações coletadas pelo próprio Facebook.

Estes são alguns exemplos de direcionamento do Facebook Ads: mulheres que gostam de viajar, jovens que moram longe dos pais, fãs de ficção-científica, entre outros. Além disso, também é possível criar públicos personalizados através da sua base de leads.

Algumas estatísticas importantes para você entender o porquê o Facebook Ads pode ser um boa opção:

Facebook Ads: estatísticas

Estas estatísticas apresentadas pelo DMR trazem alguns insights interessantes para quem aposta – ou pretende apostar – no Facebook Ads. Um dos mais importantes talvez seja o de que apenas 6% das páginas no facebook atualmente investem em Ads. Ou seja, o número de oportunidades é enorme!

Outro dado interessante, e que revela uma tendência crescente também no Google Adwords, é a importância do mobile. Isso se dá especialmente porque as pessoas impactadas pelos anúncios da plataforma costumam utilizar o smartphone para acessá-la, gerando incríveis 79% a mais de receita se comparados com o desktop.

Google Adwords ou Facebook Ads: qual escolher?

Conforme você viu ao comparar os dois, tanto Google Adwords como Facebook Ads possuem vantagens bem interessantes para todo tipo de negócio.

Ao invés de optar entre Google Adwords ou Facebook Ads, é possível ganhar muito mais ao utilizar as forças de ambos ao seu favor. Cada um pode trazer grandes ganhos de visibilidade à sua empresa e produtos, bastando implementar uma boa estratégia!

Se você quiser conhecer um pouco mais a fundo essas ferramentas, recomendamos a leitura de alguns de nossos artigos.

Adwords

Se você é um iniciante em Google Adwords que já conhece o trivial da plataforma, mas ainda não obteve os resultados esperados em suas campanhas, criamos algumas dicas que devem te ajudar a melhorar a qualidade delas e subir o primeiro degrau rumo ao conhecimento avançado em Google AdWords. Se quiser aprender, leia o artigo “5 dicas básicas para sua conta de Google AdWords”.

Facebook Ads

Quando falamos em redes sociais, a primeira a vir à cabeça é o Facebook. Também não é para menos: como não se lembrar da rede mais popular do Brasil, que simplesmente possui mais de um bilhão de usuários?!

Para aumentar ainda mais sua popularidade, as possibilidades criadas para negócios e marcas são inúmeras. O Facebook Ads por exemplo, é uma ótima ferramenta para aqueles que desejam utilizar essa rede como um meio de divulgação de sua marca ou produto no mercado. Para aprender como, leia o artigo “Facebook Ads: a importância de criar uma campanha efetiva”!

E aí, gostou deste post? Você pode acessar muitos outros conteúdos interessantes ao curtir a Raccoon no Facebook!