De fato, as estratégias de marketing e vendas se modificam de acordo com as constantes mudanças no comportamento da sociedade e é um erro capital ignorar as novas exigências do mercado ao elaborar os planos e ações de marketing de sua empresa. Especialmente nos dias atuais, em que o consumidor se encontra super saturado de fórmulas antiquadas e óbvias, se faz necessária uma mudança na visão estratégica como um todo. Uma boa solução, para não perder mercado neste novo cenário, é apostar no Inbound Marketing, técnica que é tendência mundial em comunicação e publicidade!

A mudança no comportamento do consumidor

No antigo processo de compra, você dependia de meios tradicionais para que o seu público conhecesse sua marca, e esperava que ele chegasse até você e comprasse seu produto ou contratasse seus serviços. Atualmente, as pessoas estão mais exigentes e não confiam mais apenas em propagandas tradicionais, como anúncios em revistas e outdoors para definir suas escolhas. E mais do que isso, elas não dependem de você para fazer com que as informações sobre seu produto cheguem até elas!

Com a internet, informações sobre o que você vende, sobre você e seu concorrente circulam por aí o tempo todo, quer você queira ou não. E é justamente por esse meio que os compradores buscam informações quando precisam resolver algum problema ou procuram diretamente por alguma solução. De acordo com o Ibope, aproximadamente 92% dos seus potenciais clientes utilizam a internet para pesquisar sobre empresas, produtos ou serviços antes de efetivar uma compra. Isso muda tudo, concorda? E é aí que entra o Inbound Marketing

O que é Inbound Marketing?

O Inbound Marketing é uma estratégia que trabalha justamente neste ponto: o hábito do consumidor pesquisar na internet sobre suas dúvidas antes mesmo do momento de decisão de compra. Muitas vezes seu potencial cliente não sabe, ainda, que seu produto pode ser a melhor solução para o problema dele. Às vezes, ele sequer sabe qual é o seu problema e ainda assim, utiliza a internet para buscar respostas.

Se conseguirmos estabelecer uma conversa com ele neste momento, já o ganhamos antes mesmo dele perceber que precisa comprar ou contratar algo, e de uma forma tão fluida que ele nem irá perceber que aquilo tudo, na verdade, fazia parte de uma estratégia de marketing. Como? Publicando e divulgando conteúdos relevantes, e trabalhando para que estes conteúdos sejam encontrados pelas pessoas certas no momento certo.

Funil de vendas

Este conteúdo de atração, publicado, por exemplo, em seu blog, atrairá pessoas com dúvidas genéricas, como, por exemplo, “como vender melhor?”. A partir daí, você a conduzirá através da apresentação de conteúdos mais específicos que falam mais sobre a resolução do problema dela, até chegar o momento em que você apresenta o seu produto ou serviço como a melhor opção para este caso específico. Este trabalho é chamado “funil de vendas”, pois é como se você o estivesse conduzindo por etapas até o momento de decisão de compras, efetivamente. Para atrai-lo e conduzi-lo pelo funil de forma fluida, eficiente e de maneira não forçada, existem diversas técnicas, utilizando estratégias de bom posicionamento no Google (SEO), um bom trabalho de manutenção de redes sociais, o relacionamento através de e-mail marketing, entre outras.

O Inbound Marketing é uma excelente forma de atrair seu público, considerando o novo comportamento do consumidor e aproveitando das diversas possibilidades que a internet oferece! E você? Já começou a investir no Inbound para seus negócios? Comente e participe da discussão!