Aprenda a obter o melhor do marketing de performance, melhorar seus resultados e maximizar o ROI das suas campanhas

Com a chegada do marketing digital, a área deixou para trás as estratégias mais tradicionais para receber o marketing de performance. Como o próprio nome já indica, o foco passa a ser nos resultados e na sua mensuração. Mas como definir essas práticas de forma simples e clara?

Veja a seguir o que faz o marketing de performance e como utilizar essa estratégia para obter melhores resultados na divulgação da sua marca, seus produtos ou serviços.

O que é marketing de performance?

O Marketing de performance é uma estratégia digital,na qual as ações são pagas com base apenas no desempenho do anúncio ou quando a conversão desejada ocorre. Essa ação, definida antes da veiculação das campanhas, pode ser uma venda, a geração de um lead ou um clique, por exemplo.

O foco das ações de marketing de performance é a utilização de mídias específicas para obter retorno mensurável de cada ação. Cada tipo de mídia digital oferece resultados importantes para quem quer bons números de conversão e, claro, acompanhar de perto o retorno sobre investimento em cada campanha.

Por que focar em performance em vez do marketing tradicional?

Na prática, existem muitos benefícios na execução de campanhas de marketing de performance.

O principal benefício desse tipo de estratégia é que ela é 100% mensurável. Graças a tecnologias e às plataformas mais avançadas de anúncios, todas as métricas de sua campanha são rastreáveis e possíveis de se acompanhar de perto. Assim, fica muito mais fácil saber o que dá certo e corrigir eventuais erros no meio do caminho.

Além de um melhor rastreamento, o marketing de desempenho é focado no ROI, o que significa menos riscos para o anunciante. Com menos risco, é possível agir mais rápido e sem depender de uma série de etapas e aprovações para colocar as campanhas no ar.

Outros benefícios do marketing de performance também incluem:

  • De forma integrada ao marketing de performance, você pode usar várias mídias online, como e-mail marketing, anúncios em redes sociais, entre outros;
  • Os relatórios completos e atualizados em tempo real permitem a correção de problemas rapidamente;
  • O anunciante pode conhecer antecipadamente e comparar o custo unitário de cada ação realizada com o marketing de performance: assinaturas, curtidas, visitas, cadastros etc.
  • Mensuração de resultados significa otimização de investimentos, o que resulta em mais economia de recursos de marketing.

Mídias e canais para anunciar 

É importante saber qual canal abarca mais o seu público alvo, para que o marketing de performance tenha êxito.

O marketing de performance acontece por meio de anúncios veiculados em uma série de mídias. O canal certo é aquele em que seu público-alvo está, mas alguns dos principais e mais utilizados são:

Google Ads

A plataforma de busca do Google é a mais utilizada pelos usuários de todo mundo. Portanto, nada mais natural do que utilizá-la para o seu marketing de performance. O Google Ads, então, é a ferramenta ideal para quem quer que seu anúncio apareça no topo das páginas de busca. Por lá, é possível anunciar na forma de links patrocinados, product list advertising (PLA), banner, vídeos e outros formatos. Se interessa pelo tema? Então leia nosso artigo sobre como anunciar pelo Google Ads.

Social Media 

As chances de seu consumidor ideal estar em pelo menos uma rede social são bem grandes, certo? Então, você deve aproveitar para fazer marketing de performance via social media.

Com o marketing de mídia social, você adquire visibilidade, tráfego e clientes através de anúncios colocados em sites de mídia social como Facebook, Twitter e LinkedIn e no Instagram.

Marketing de afiliados

O marketing de afiliados é uma modalidade própria de marketing, mas que tem preceitos parecidos com a performance. Nesse modelo, um criador de conteúdo se torna afiliado estabelecendo um relacionamento com um anunciante para produzir tráfego e vendas.

Principais indicadores de performance: quais utilizar e acompanhar?

Os indicadores e métricas de performance, bem como sua precificação, vão variar de acordo com o objetivo da sua campanha e o modelo de cobrança escolhido para os seus anúncios. Esses modelos são vários, sendo os principais deles:

CPL: Custo por lead. Esse modelo realiza uma cobrança toda vez que o usuário entra no site necessário por meio do anúncio e preenche um formulário de inscrição, um cadastro ou quaisquer etapas necessárias para fazer parte do banco de dados do anunciante e ser segmentado por diferentes veículos de interação

CPC: custo por clique. Esse modelo é outro dos mais comuns nas mídias digitais. Ele se baseia no número de vezes que um anúncio é clicado por um usuário dentro do público-alvo da campanha, independentemente do que ele fará a seguir ou se concluirá ou não uma ação seguinte na página.

CPM: custo por milhar. Esse modelo, que significa custo por milhar ou por mil, foca na exposição e visibilidade da marca ou produto. O CPM custa consideravelmente menos do que os modelos anteriores, pois exige muito menos do público-alvo. Da mesma forma, a mensuração e a qualificação do público impactado pelas campanhas também é inferior, já que conta com menos ações realizada e, assim, você terá menos informação sobre quem interagiu ou não com a sua peça.Quer saber mais sobre estratégias de marketing digital e como mensurá-las? Leia nosso artigo sobre os KPIs do marketing digital e aprenda medir o sucesso das suas estratégias