Se você é da área do marketing digital, é provável que já tenha ouvido falar na integração entre online to offline, certo? Mesmo que não tenha sido nesses termos, essa união é uma das mais conhecidas dentro desse universo e, devido as suas grandes contribuições para o desempenho das empresas, o O2O está ganhando cada vez mais espaço.

Mas, o que significa a integração online to offline? Em poucas palavras, se você se interessou, pesquisou e comprou algum produto pela internet e foi retirar na loja, fez parte dessa estratégia. Assim, o O2O – ou online to offline – serve para identificar compras que mesclam tanto o meio digital quanto o físico

O que algumas empresas não sabem, no entanto, é que essa integração é mais do que positiva para as vendas. Isso porque, devido a forte presença do online no dia a dia das pessoas, é possível que toda a relação com a marca seja desenvolvida antes mesmo delas pensarem em adquirir um produto.

Então, se você deseja entender mais sobre todo o funcionamento da estratégia online to offline, acompanhe o artigo abaixo!

Online to offline: como aumentar as vendas?

A união do online to offline pode ser muito válida, influenciando os usuários à compra pela internet e efetivando essa ação na loja. Mas, o que isso quer dizer? O cliente terá contato com o seu e-commerce e poderá acompanhar de perto os seus produtos, além disso, poderá ir até a loja e buscar por outras opções.

Para que você compreenda melhor como aumentar as vendas através do online to offline, selecionamos as principais ações para ter sucesso nessa estratégia:

Entenda o seu consumidor

Hoje em dia, com estudos e dados assertivos, é possível entender exatamente quem é o seu consumidor. Essa ação, no entanto, não é exclusiva do online to offline.

O seu negócio, provavelmente, tem um público específico e você deve entender as suas dores e desejos. É muito importante mapear as ações dos seus usuários e otimizar pontos de interesse dos seus clientes que sua empresa ainda não atende. É necessário fugir do comum e evitar mapear os usuários pelos mesmos padrões de sempre: gênero, idade, ocupação. Procure entender o que o seu cliente precisa que você ainda não faz.

O foco está no cliente, não na venda

O cliente só comprará se estiver satisfeito com a sua empresa, caso tenha se sentido bem no ambiente da sua loja ou se teve uma boa experiência no seu e-commerce. Então, antes de voltar seus esforços totalmente para a conversão, foque antes em quem vai realizá-la.

Sua empresa está oferecendo o que seu cliente realmente quer? Use os dados para mapear a trajetória do cliente e as demandas recorrentes. Retire o máximo de obstáculos do caminho do usuário, deixe-o livre para fazer as suas escolhas, seja online ou pela loja física. O objetivo aqui é eliminar qualquer empecilho que torne a experiência de compra fadada ao fracasso.

Para o online to offline, é fundamental que não haja discrepância entre a facilidade de compra online e na loja física e, muito menos, que haja uma comunicação diferente.

Use múltiplos canais

Se você analisou bem a sua buyer persona, provavelmente sabe em qual rede ela mais se encontra. Então, você utilizará essa mesma rede para chegar até ela, seja através de anúncios ou posts orgânicos. Dê prioridade para as estratégias focadas no tempo ocioso do seu público, como no caso das redes sociais.

Ofereça opções

É importante que você indique diversas opções para o seu cliente. Na estratégia online to offline, o cliente escolhe o que mais convém a ele, seja comprar virtualmente ou não. Assim, ofereça opções para facilitar que o usuário faça aquilo que ele deseja. Utilize da isenção de frete, oportunidade de testar na loja, compra pelo aplicativo e recebimento em casa, etc.

Acompanhe toda a jornada

A jornada do cliente é individual e sabemos que cada usuário toma a sua decisão no momento em que mais lhe convém. No entanto, é possível que você ajude o consumidor a realizar a compra, mesmo que ela já tenha se decidido antes de chegar à sua loja.

Os clientes que fazem parte da estratégia online to offline já pesquisaram em casa e, por isso, têm noções abrangentes sobre o produto e sobre o que desejam. Dessa forma, é importante que o consumidor tenha acesso a informações relevantes e de qualidade. 

Devidamente nutrido, ele poderá ser encaminhado para a próxima etapa da jornada e, assim, realizar a compra de forma muito mais agradável.

Organize sua loja física

O omnichannel veio para ficar e sabemos disso! No entanto, abandonar a sua loja física pode ser um grande erro e a estratégia online to offline está aqui para mostrar isso.

A sua loja física deve estar preparada para atrair os clientes e otimizar os processos, e isso tudo deve ser integrado aos canais online. Dessa forma, unifique a comunicação e a experiência do usuário.

O atendimento e a sua loja devem ser um cartão de visita e mostrar aos clientes que a experiência presencial também é muito válida. Além disso, é importante evidenciar ao cliente que ele tem total liberdade para a compra tanto on quanto offline.

E então? Entendeu melhor como funciona toda a integração online to offline? Se ficou alguma dúvida, deixe nos comentários!