Compras e vendas foram sempre tarefas sociais. Desde muito antes do marketing digital, as pessoas sempre recorreram umas as outras para conversar sobre o que precisavam e para oferecer as soluções para os seus problemas. 

Hoje, porém, é por meio de estratégias como o Social Selling que as empresas estão conseguindo alcançar mais facilmente o seu público.

Mas, como isso acontece?

As redes sociais têm um papel importante na forma como nos comunicamos, tanto uns com os outros, quanto com as marcas. Apesar disso, nem todo mundo sabe do potencial dessas mídias na conquista de novos (e mais fiéis) clientes. É, por isso, que neste artigo vamos falar sobre Social Selling.


Afinal, o que é Social Selling?

Como o próprio nome já indica, Social Selling é a tática de utilizar mídias sociais para vender um determinado produto.

De forma semelhante à nutrição de leads no marketing digital mais clássico, o Social Selling funciona com base no engajamento. Na prática, portanto, é o formato que usa as conexões da rede social nas técnicas e abordagens de nutrição de leads. 

Mas, por que é importante fazer Social Selling? Quais as vantagens de incluir esse método no seu planejamento de vendas?

Uma pesquisa do LinkedIn afirma que 78% dos profissionais que fazem Social Selling vendem mais em relação aos usuários que não utilizam as mídias sociais. O imediatismo das mídias sociais pode ajudar você a se comunicar ativamente com seu público e a monitorar seus potenciais clientes, para procurar oportunidades que sinalizem quando é um bom momento para entrar em contato.

Dessa forma, a venda social ajuda você a se conectar com seus possíveis clientes e a permanecer relevante para eles, criando e mantendo relacionamentos.

Ainda, de acordo com a central de soluções de vendas do LinkedIn, a LinkedIn Sales Solutions, 92% dos compradores só se envolvem com profissionais de vendas se eles são considerados líderes de mercado. Isso mostra que um fator importante para quem vai efetuar uma compra é a confiança. 

Por isso, demonstrar conhecimento e compartilhar opiniões relevantes são ótimas maneiras de destacar-se como uma fonte confiável. E qual é o melhor lugar para sua empresa demonstrar que domina o assunto? Nas redes sociais!

Como conquistar clientes com Social Selling

As mídias sociais fazem uma enorme diferença nas táticas de vendas das grandes empresas!

Agora que sabemos porque Social Selling é tão importante, você deve estar se perguntando por onde começar. Confira abaixo como os 4 pilares do Social Selling podem formar uma estratégia completa para a sua empresa:

1. Crie uma presença forte e confiável

Como já deve ter ficado claro, os consumidores são exigentes e só vão buscar fornecedores nos quais eles podem realmente confiar. Uma forte presença online mostra que você é um participante ativo do setor que sua empresa atua. Isso leva seu consumidor a te buscar, se relacionar com seus conteúdos e confiar mais no que você diz.

2. Foque nas pessoas certas

Social Selling, em sua essência, propõe se encontrar e conectar-se com clientes em potencial com mais eficiência do que as vendas tradicionais. Por isso, invista esforços em se conectar com as pessoas certas. Use ferramentas como o LinkedIn, por exemplo, para buscar pelos perfis, cargos, experiências e interesses que seus prospects devem ter para comprar da sua marca.

3. Promova conteúdo de qualidade sobre seu setor

Posicione-se como especialista no assunto que for abordar, compartilhando conteúdo relevante do seu setor, comentando notícias da área e assim, construindo sua marca profissional. Os vendedores devem criar, promover curadoria e comentar conteúdo que os aproxime de seu público, balanceando uma estratégia que inclui buscar contato com seu possível cliente, mas fazer com que ele continue engajado socialmente.

4. Crie relacionamentos confiáveis

Todo o trabalho de vendas (e o faturamento) é impulsionado a partir de relacionamentos. Crie confiança com os possíveis clientes, compartilhando suas perspectivas e ajudando a fornecer informações relevantes, para que eles possam solucionar seus problemas através de produtos oferecidos por sua marca. Priorize interações e conversas genuínas, focando nas necessidades do seu possível cliente. Deixe as vendas em “segundo plano” e veja os resultados aparecerem. 

Como analisar os resultados e otimizar o trabalho de venda social

Os resultados dos esforços de vendas são medidos de várias formas. Existem ferramentas, tecnologias e metodologias para irmos além, nas estratégias e na gestão de campanhas de marketing, com o objetivo de  gerar muito mais resultados, receita e números mais expressivos nas vendas.

Para ajudar a quantificar o valor do Social Selling, o LinkedIn elaborou a primeira medida de venda social – The Social Selling Index (SSI). O Índice de vendas sociais é pontuado em uma escala de 0 a 100, com base nas atividades do LinkedIn relacionadas aos quatro pilares da venda social. Para entender mais sobre ele, é só conferir na página do LinkedIn.

É importante, além disso, quantificar o trabalho de Social Selling dentro de uma estrutura de acompanhamento das métricas de vendas. 

Para ajudar nisso, elaboramos um conteúdo completo sobre as métricas que você precisa acompanhar e analisar. Aproveite e o leia também!